Sunday, September 11, 2005

Back

Tudo o que é realmente bom, acaba realmente depressa.

Um mes mais que completo no inferno seguido por uma semana no paraíso!
Como não poderia deixar de ser... para manter aquela proporção saudável de conforto que tanto caracteriza o meu karma.

Nunca tinha viajado realmente. Digo no sentido de ficar num sítio tempo suficiente para o conhecer, sem ser de relance guardando na memória as arvores mais altas e as placas da estrada. Assim sempre trouxe também a figura das pedras do passeio e os cheiros e sons das ruelas.

Amanhã acaba tudo. Mas venho com outro alento. Talvez com o mesmo que toda a gente traz depois de respirar outros ares e falar outras línguas.
Parece tudo tão mais perto e mais igual e mais feliz.